img_1627.jpg

Benefícios de praticar o hipismo

Desde agosto de 2017 eu comecei a ter aulas de equitação e hipismo. Ainda não tinha mencionado nada por aqui, pois eu queria realmente ver se eu ia gostar dessa prática.

Eu aprendi a cavalgar na fazenda da minha família, quando eu tinha 7 anos. E o fato de eu já ter base de equitação torna o meu aprendizado um pouco mais fácil. Mas pouco mesmo! Hehehe

Só que o que eu não imaginava era que existia uma forma completamente diferente de cavalgar. Desde a postura, posição dos braços e pernas e o famoso equilíbrio para salto.

Cavalgar como os gaúchos fazem nas estâncias é bem diferente da técnica que o hipismo requer.

O hipismo é o esporte perfeito para quem gosta de se desafiar. A superação de limites é pré-requisito para a prática.

O que eu acho mais legal de tudo isso, são os inúmeros benefícios que esse esporte traz para quem o pratica. Apesar de eu ser iniciante no esporte, já percebi o seguinte:

  • Cria uma conexão muito forte com o cavalo montado. É praticamente uma relação de confiança e amizade entre cavalo e cavaleiro/amazona
  • Requer muita autoconfiança, por isso a pessoa adquire mais segurança nela mesma
  • Trabalha as emoções da gente, como ansiedade, calma, persistência, medo, frustração, liderança, autocontrole e senso de equipe
  • Não parece, mas esse esporte exige bastante da nossa forma física. Principalmente das pernas, interior de coxa, equilíbrio.
  • Nossa atenção fica voltada para várias coisas ao mesmo tempo, dessa forma, nos deixa mais focados e alertas
  • Traz um bem estar indescritível para os amantes de cavalos e da natureza como um todo
  • Nos deixa mais felizes
  • Desperta o encorajamento e a superação

É claro que eu ainda tenho um longo caminho pela frente, mas percebi que o mais importante mesmo, é preencher o nosso tempo com atitudes saudáveis e prazeirosas, sejam elas quais forem.

Quem quiser informações sobre os lugares que dão aula de hipismo em Santa Maria, é só me chamar no facebook do blog.

img_1606-2.jpg

DIY – 4 ideias para você mesma decorar o seu Natal

A magia do Natal já paira no ar, por isso hoje eu separei algumas ideias de decoração que podem ser feitas de maneira simples, tornando nossa casa mais aconchegante e cheia de charme. Todos sabem que enfeites de Natal não são baratos, então separei algumas dicas que são super acessíveis e dão um charme especial para a nossa ceia.

Brownie de chocolate em formato de árvore de Natal – super fácil de fazer, basta cortar o Brownie em formato de triângulo, usar um palito que pode ser um canudinho e depois enfeitar como você quiser.

Pinhas – podem ser transformadas em mini pinheiros, basta fazer uma base com vasinhos e depois decorar com bolinhas coloridas, que podem ser de massa de modelar ou de biscuit Ficam tão lindinhos!

Chapéu de Papai Noel – pode ser feito com cartolina vermelha em formato de cone, na base e no topo colamos o algodão. Depois é só cortar um retângulo de cartolina preta para fazer o acabamento como se fosse o cinto do Papai Noel. Se colocarmos dentro de uma bandeja com bolinhas fica ainda mais bonito.Pinheiro de Natal com balinhas de goma – a criançada faz a festa! Primeiro precisamos de um isopor em formato de cone, depois separamos as balas de goma nas cores verde e vermelha. Após, pregamos com palito de dente quebrado (para ficar menor) as gomas no isopor.

Papai Noel com morangos – cortar os morangos e misturar chantilly foram lindos bonequinhos e são uma opção de doce saudável, além de decorar super bem a sua ceia de Natal. Todas as imagens foram retiradas do Pinterest.

Ótimas ideias para a sua decoração

A decoração muitas vezes pode ser considerada  um quebra cabeças, já que vemos muitas ideias por aí, mas temos dificuldades em saber qual a que se encaixa melhor com a nossa casa e personalidade. Então hoje, vamos dar algumas dicas para que você possa escolher o melhor estilo para sua casa e a partir daí, comece a investir nesse estilo de decoração. Veja só as nossas lindas ideias. Ver Mais

img_1147.jpg

Como o estresse prejudica a sua pele

O estresse não é sempre ruim. É ele que nos motiva a nos proteger e a realizar diversas ações. Um nível de estresse adequado faz com que a gente se adapte ao ambiente ao nosso redor. O estresse que é preocupante é o estresse crônico, que é aquele que acontece quando perdemos o equilíbrio, enfrentamos dias corridos, muitas tarefas, cobranças, sendo expostos a fatores estressantes constantemente, sobrando pouco tempo para nos dedicar ao nosso bem-estar.

A pele é um dos órgãos mais vulneráveis ao estresse crônico e sinaliza quando nossas emoções fogem ao controle.

Como o estresse crônico pode interferir na pele?

Diante de situações estressantes, nosso corpo produz substâncias como Adrenalina e Cortisol. Há aumento da pressão arterial, frequência respiratória e cardíaca e as funções do sistema imunológico são suprimidas. Quando o estresse é contínuo e crônico nosso corpo falha em nos proteger e aparecem os sintomas.

Na pele, observamos piora da acne, acne da mulher adulta, psoríase, dermatite periorificial, dermatite atópica, dermatite seborreica, vitiligo, hiperidrose, queda de cabelo, alopecia areata, urticária, rosácea entre outras patologias.

É importante lembrar que o tratamento não terá o efeito desejado se não conseguirmos aliviar a tensão, seja dedicando algumas horas do dia a algum tipo de atividade física ou praticando técnicas de relaxamento. ⠀

O gerenciamento do estresse pode ajudar a se adaptar a eventos estressantes e a se recuperar deles.

Seguem algumas dicas:

– Dedicar tempo para se envolver em atividades que são agradáveis e desafiadoras.

– Ter um momento diário para Relaxar.

– Respirar fundo por pelo menos alguns minutos todos os dias.

– Exercitar-se regularmente. O exercício ajuda a melhorar a tensão acumulada, diminui os hormônios do estresse e libera endorfina.

– Dormir adequadamente. Ficar acordado até tarde e dormir poucas horas diminui nossa produtividade no dia seguinte.

Aprenda a lidar com o estresse efetivamente, até porque não temos como evitá-lo completamente e não desista de buscar o equilíbrio sempre.

Sua pele e sua saúde agradecem!

img_1099.jpg

Como funciona o autobronzeador?

O autobronzeador contém uma substância que se chama DHA ou dihidroxiacetona, que interage com a queratina da parte mais superficial de pele, tingindo-a.

Áreas com maior concentração de queratina como joelhos e cotovelos podem ficar mais escuras que o restante do corpo, para evitar que isso aconteça deve-se espalhar bem o produto.

Esfoliar a pele antes ajuda, pois retira as células de queratina mais antigas garantindo um bronzeado mais uniforme.

É interessante também usar luvas na aplicação do produto para evitar que as palmas das mãos fiquem amareladas ou manchadas. O produto pode ser utilizado por longos períodos, mas NÃO CONFERE PROTEÇÃO SOLAR.

Sua ação é bem superficial, por isso seguro não provocando mal à pele, exceto em casos de alergias. Seu dermatologista pode lhe ajudar a encontrar um adequado para você!

O melhor do autobronzeador é oferecer um bronzeado sem a exposição solar, evitando envelhecimento precoce, manchas, rugas e câncer de pele.

- Instagram -


- Siga @magnolialeal -