Oieeee pessoal,

Hoje, é um dia muito importante, é o dia nacional de Prevenção da Obesidade e o dia mundial da Obesidade. E por incrível que pareça, em pleno século XXI, ainda existem pessoas que não levam esse assunto a sério.

Obesidade é uma doença que deve ser tratada como qualquer outra, pois os seus reflexos são variados e podem desencadear inúmeras alterações em nosso organismo.

Por essa razão, a médica endocrinologista Dra. Brenda Alberto, que nos auxilia com suas dicas e recomendações aqui no blog, não deixou a data passar em branco. Você sabia que a obesidade mata mais que a violência?

Um ótimo domingo para vocês e um feliz feriadoooo. :-) Beijos

Magnólia

 

Dia 11 de outubro – Dia Nacional de Prevenção da Obesidade, Dia Mundial da Obesidade

Brenda Alberto- Endocrinologista

Obesidade é o acúmulo de tecido gorduroso localizado ou generalizado, provocado por desequilíbrio nutricional associado ou não a distúrbios genéticos ou endócrino-metabólicos.

É uma doença, resultado de múltiplos fatores, na maioria das vezes é exógena (um desequilíbrio entre a ingestão alimentar e o gasto calórico), mas pode ter causas endógenas (como doenças endocrinológicas, medicamentos, transtornos psiquiátricos e síndromes genéticas).

Os critérios mais utilizados são o índice de massa corporal (IMC= peso/altura2) e a circunferência abdominal (CA). IMC acima de 30 kg/m2 define obesidade e CA acima de 80 cm em mulheres e acima de 94 cm em homens é considerada elevada.

A falta de informação, aliada ao sedentarismo e a falta de políticas públicas mais consistentes na prevenção e tratamento da obesidade têm levado ao aumento da população com excesso de peso. Levantamento recente do IBGE apontou que quase 60% da população brasileira está acima do peso.

ima

No dia 11 de outubro, temos o Dia Nacional de Prevenção da Obesidade e Dia Mundial da Obesidade, o objetivo deste dia é alertar à sociedade sobre esta epidemia e como, juntos, podemos encontrar caminhos para trabalhar desde a prevenção até o tratamento e acompanhamento.

A obesidade mata mais que a violência! Estima-se 35 milhões de mortes por ano em todo o mundo.

E principalmente a obesidade não é falta de caráter, não é falta de vontade. Obesidade é doença, e como tal deve ser tratada.