Bom dia moçada!!!

Como passaram o feriadão? Espero que as energias de todos os leitores estejam renovadas para mais uma semana que se inicia. 😉

O assunto que eu separei para hoje provavelmente afeta 98% das pessoas, sem exagero. Isso porque tanto homens quanto mulheres já vivenciaram algum tipo de estresse no ambiente de trabalho,  seja com o chefe, com algum supervisor ou até mesmo com os colegas.

O ambiente de trabalho é um dos principais responsáveis pelo surgimento de novos casos de depressão. Apesar de eu honestamente acreditar que a convivência pacífica entre os seres humanos jamais existiu.

Isso porque, desde os primórdios até os dias atuais o ser humano evoluiu muito, e sua capacidade de adaptação e mutação genética vem impressionando cientistas de todo o mundo. Mas, infelizmente, num aspecto não evoluímos e ainda somos resistentes, incrédulos e impiedosos.

Que aspecto seria esse?

Agimos com  animosidade para causar conflitos, mesmo que indiretos e sem verbalização espontânea.  Ou seja, somos peritos em infernizar um aos outros, se essa for a nossa intenção. Já a capacidade de se deixar afetar de cada um, será objeto de um outro texto.

O fato é que indisposição no ambiente de trabalho, seja da origem que for, (chefe, colegas) é um problema que afeta inclusive o bom desempenho das funções atribuídas a cada um. Sem contar que atinge diretamente o íntimo do conflitante e do conflitado.

Imagine você ter que acordar todos os dias para ir trabalhar, num local onde as pessoas nem se cumprimentam e muito menos se suportam. Isso seria sem dúvida um martírio. E não fique pensando que a solução é apenas mudar de emprego, que tudo se resolve.

Em alguns casos, até pode ser, mas o problema maior reside intrinsecamente em cada uma das pessoas que compõe o ambiente de trabalho.

A verdade é que não podemos ficar esperando por atitudes alheias e positivas o tempo todo, porque diferentes pessoas reagem de diferentes formas. Nem sempre o errado se julga errado e muito menos o correto sempre tem a voz da razão.

Portanto, sempre tenha em mente que uma sociedade é composta por pessoas com diferentes valores éticos e morais. E diga-se de passagem, tem gente que não cultiva valor algum.

Então, cabe a cada um de nós agir com mais profissionalismo e respeito, afim de preservar o ambiente de trabalho, mantendo-o sempre sadio e livre de picuinhas que não levam ninguém a lugar algum.