Já ouviu falar sobre aquela velha história que diz que a vida é feita de momentos? Pois é, a gente sabe que é a mais pura verdade, mas mesmo assim encontramos dificuldades quando precisamos ultrapassar novas fases e encerrar ciclos. Isso porque, queremos sempre acertar em nossas escolhas.

Se realmente as pessoas conseguissem interiorizar a ideia de que a vida nos submete compulsoriamente às mais variadas transações momentâneas, não temeriam mudanças e essas não causariam tanto receio. 

Acredito que o ser humano de um modo geral  é despreparado para tudo. Viver significa um aprendizado árduo com lições rigorosas, porque infelizmente tendemos a aprender com os nossos erros e fracassos.

change-717488_1280

Por vezes, adiantamos circunstâncias que deveriam seguir um curso natural e agimos com imediatismo, até o momento de descobrir que não temos nenhum controle sobre as ações humanas alheias. Apenas detemos o controle de nossas próprias vidas.

Percebo que um dos maiores desafios que a vida nos impõe resume-se na seguinte interrogação : como acertar em nossas escolhas?Porque temos consciência que uma escolha errada poderá irradiar consequências dolorosas e irreversíveis.

Então, a maioria empurra os problemas com a barriga, vedando os olhos e deixando que a vida passe e se encarregue de tudo.

Só que chega uma hora que ela realmente se encarrega de bater em sua porta para definitivamente te mostrar a realidade. E dessa vez, não tem mais como fugir, pois a escolha deverá ser feita com base no seu momento atual, ou seja, no presente  e não no passado.

Vidas se iniciam e vidas se terminam. E nós continuamos eternizando boas recordações dentro dos nossos corações e em nossa memória.

Mas, não se eterniza  o momento e a vida. O que foi certo um dia pode passar a não ser certo no outro.

Portanto, como saberemos que estamos fazendo a escolhe certa?

Realmente desconheço qualquer fórmula, mas com certeza ter consciência de quem você é e do que você espera do futuro integram a equação da vida.

Somos apenas nós e nossas escolhas e ninguém poderá fazê-las em nosso favor.