Alimentos termogênicos são aqueles que possuem maior nível de dificuldade em ser digerido pelo organismo, fazendo com que o mesmo gaste maior quantidade de energia e caloria para realizar a digestão, aumentando a temperatura corporal, acelerando o metabolismo e aumentando a queima de gordura.

Porém os mesmos não são milagrosos. É fundamental realizar uma alimentação saudável e praticar atividade física frequentemente. O consumo de alimentos termogênicos deve ser realizado de forma moderada, pois em excesso pode trazer consequências indesejadas. Desta forma, é fundamental ter orientação de um nutricionista, que irá determinar a quantidade exata a ser ingerida.

Os alimentos termogênicos não devem ser consumidos a noite para não prejudicar o sono. Seu consumo exagerado também pode levar ao surgimento de dor de cabeça, tontura, insônia e problemas gastrointestinais. Hipertensos e indivíduos com problemas cardíacos devem ter cuidados extras. Pessoas com problemas de tireóide não devem consumir estes tipos de alimentos. Entre os alimentos termogênicos podem-se destacar:

Pimenta vermelha: a capsaicina é o componente ativo das pimentas, que são estimulantes do apetite e auxiliam na digestão. Seu consumo aumenta a salivação, estimula a secreção gástrica e a motilidade gastrointestinal, proporcionando sensação de bem-estar. Pode ser adicionada em saladas e pratos quentes como tempero.

Gengibre: esta raiz pode ser consumida de diversas formas, cru, em marinadas para temperar carnes, aves, peixes, em sopas e chá.

Chá verde / Chá de hibiscos: este tipo de chá favorece a utilização da gordura corporal como fonte de energia em função do seu estímulo metabólico. Deve ser ingerido no intervalo das refeições para não interferir na absorção dos nutrientes.

Canela: além de aumentar o metabolismo, a canela possui alto teor de cálcio mineral, substância importante para o emagrecimento. Pode ser utilizada polvilhada por cima de frutas, em bebidas quentes.

Água gelada: ao ingeri-la, o organismo gasta energia para elevar a temperatura até como tida adequado do corpo (37ºC).

Alimentos ricos em ômega 3: o ômega 3 encontrado em peixes (salmão, atum) e oleaginosas (castanhas) aumenta o metabolismo e melhora a retenção de líquidos.

Óleo de coco: rico em gorduras saturadas (TCM) auxilia no processo de emagrecimento.

Vinagre de maçã: seu efeito é semelhante ao da pimenta. Ajuda na diminuição da circunferência abdominal.

Além dos alimentos termogênicos naturais, também existem no mercado suplementos termogênicos industrializados que auxiliam no processo de emagrecimento. De vários laboratórios, formas (tabletes, pó, cápsulas, comprimidos), doses e combinações de ingredientes. É importantíssimo ter orientação de um profissional capacitado quanto ao uso deste tipo de produto, pois muitos apresentam efeitos colaterais que são prejudiciais a sua saúde.

Patrícia Vianna – Nutricionista Domiciliar

CRN-2: 11248

Contato: (55) 9982-5942