Atualmente as pessoas estão cada vez mais preocupadas com a saúde e interessadas em adquirir uma alimentação saudável, em realizar uma reeducação alimentar. Diante disto, estão procurando auxílio de um nutricionista e pesquisando sobre alimentos que ajudam nesta reeducação.

Entre os alimentos que têm se destacado bastante nos últimos tempos estão àqueles com baixo índice glicêmico (IG). Mas você sabe o que isto significa?

Índice glicêmico é um indicador de velocidade com que o açúcar presente em um alimento alcança a corrente sanguínea. Conhecer este conceito é importante para controlar a glicemia do sangue, principalmente para os diabéticos e para quem quer emagrecer.

Quanto mais rápida a entrada do carboidrato na corrente sanguínea mais insulina será liberada pelo pâncreas para equilibrar os níveis de açúcar do sangue. Os alimentos de baixo IG são aqueles que não afetam muito a resposta de insulina no sangue.

O IG é influenciado por diversos fatores, como maturidade do alimento, quantidade de fibra e gordura que possui o alimento, o que foi ingerido juntamente com ele, digestão de cada pessoa e se o alimento é refinado ou processado.

Quando ingerimos alimentos com carboidratos (massa, arroz, batata, frutas, laticínios, cereais, legumes, etc.), os carboidratos que eles têm entram na corrente sanguínea com diferentes velocidades, bem como se tiverem fibras ou possuírem um tipo de carboidrato que se chama complexo, a velocidade é mais lenta, por isso são considerados alimentos de baixo índice glicêmico.

O índice glicêmico é dividido em três categorias:

Alimentos com baixo índice glicêmico: IG ≤ 55

Alimentos com médio índice glicêmico: IG entre 56 – 69

Alimentos com alto índice glicêmico: IG ≥ 70

Os alimentos com baixo IG diminuem a fome, aumentam a saciedade, auxiliam no processo de emagrecimento e diminuem o risco de desenvolvimento de diabetes tipo 2, devido ao melhor controle de liberação de insulina. Já os alimentos com IG elevado são indicados para reposição de energia rápida, por exemplo, durante ou logo após o treinamento físico.

A redução do índice glicêmico na dieta é importante, pois há uma menor produção de insulina. Isso é bom porque previne e trata doenças como a obesidade, o diabetes, alguns cânceres, dentre outros. Pessoas resistentes à insulina geralmente são gordas e possuem pouca massa magra.

Abaixo segue o link da tabela com o IG dos alimentos:

tabela IG