Enquanto isso, as pessoas se medicam para aliviar a sua dor, seja física ou emocional. Porque ninguém aguenta mais viver nesse caos urbano…

Nervos à flor da pele, ressentimentos infundados e injustiças cometidas. Como viver nesse mundo que adoece sem limites? E que cada dia sente mais e mais fome de materialismo, o qual atenua num piscar de olhos a dor de quem se inunda num mar de ilusões.

Enquanto isso a vida passa e a gente segue se comparando, criando falsos modelos de felicidade, que na verdade, só preexistem em nossa própria mente…

Enquanto isso errar se tornou o comum, o trivial e aplausível…

Enquanto isso palavras, virtudes e honra são abandonadas…

Enquanto isso as pessoas permanecem carentes de calma, bondade, reconhecimento e amor.

Até quando isso?