Com um pouco de dedicação e autoconhecimento o passar dos anos só nos ajuda a entender melhor a vida. Chega uma hora que percebemos que nossas atitudes geram automaticamente consequências, boas ou ruins.

Tudo depende dos sentimentos que moram dentro de nós, ou seja, é uma questão de escolha. Porque somos os responsáveis pela energia que enviamos ao mundo. Já ouviu falar sobre a lei da atração? Tudo de bom ou ruim que emanamos volta proporcionalmente pra gente.

Não podemos culpar ninguém pelas nossas escolhas mal feitas, pelo relacionamento amoroso que não deu certo, ou por aquele emprego que era ruim…

Não podemos porque vitimização é fuga da realidade e argumento de pessoas fracas.

Com certeza, alguma vez você já se fez de vítima nessa vida, assim como eu. Mas tem uma hora que a gente amadurece e vê que ou nós evoluímos ou viveremos sempre com a síndrome do Peter Pan. “Aquele que nunca cresce”.

Por pior que a sua vida possa parecer, por pior que seja a sua trajetória até hoje, ou ao contrário, por melhor que sejam os teus exemplos, por melhor que sejam os teus pais e os teus amigos, por melhor que seja a tua vida, se dentro de você não existe um coração tranquilo e bom, você nunca saberá o que é paz, amor e abundância.

Essa é a uma regra universal. É a nossa energia que atrai ou repele pessoas e circunstâncias. Todos somos regidos pela mesma lei da natureza. Isso explica o porquê eu me afasto de algumas pessoas e me aproximo de outras.

O meu círculo de convivência só está fechado para pessoas que sem querer me demonstram a sua pequenice, avareza e maldade. Hoje em dia, o meu filtro contra energia negativa é tão forte e poderoso, que eu não consigo nem conversar muito tempo com pessoas pesadas energeticamente, nem elas conseguem ficar muito tempo perto de mim.

Isso é maravilhoso, e eu espero que esse filtro também faça parte dos teus dias e que a vitimização seja um capítulo vencido na sua vida. Vamos deixar o Peter Pan nos contos de fada e viver a vida real.