Reflexões para a Vida

Personalidades de consumo

Estudos afirmam que a classe média no Brasil é a mais consumista entre as classes sociais que existem no país. A globalização sendo um desdobramento do capitalismo, facilita diretamente  a aquisição de produtos que antes só eram comprados em viagens internacionais. Porém, independentemente de quanto dinheiro você ganhe ou gaste, o importante mesmo é atentar para a sua personalidade de consumo.

wallet-2125548_1920

Mas, afinal  o que é personalidade de consumo? Ver Mais

organizer-791883_640

Palestra com Augusto Cury em Santa Maria

Gerenciar os pensamentos sem se sobrecarregar, não tentar mudar as pessoas à sua volta e não sofrer por antecipação realmente são desafios difíceis de se enfrentar na vida moderna. Tudo isso, porque nos projetamos sempre para o futuro, não nos desapegamos do passado e somos negligentes com o tempo presente. Assim fica difícil viver bem, não é mesmo? Ver Mais

valentine-1954014_1280

Confissões, borbulhas e um presente ideal

Ontem, eu descobri uma nova forma de presentear quando reencontrei uma amiga que mora longe e que vejo com pouca frequência. Ela estava de aniversário um dia antes e acabei cometendo a gafe de esquecer de comprar um presente. Mesmo assim, marquei para nos encontrarmos num barzinho no final da tarde de domingo para comemorar.

Fiquei feliz em vê-la e percebi o quão bem ela está nesse momento, colocamos os papos “trágicos” em dia e no final das contas e dos babados cabeludos que confidenciamos, acabamos rindo das nossas vidas e das nossas escolhas.

champagne-1500248_1280

Precisávamos conversar mais e depois de muita champanhe e borbulhas na cabeça, já era hora de ir para casa e dar as últimas papeadas, até porque não sabemos quando iremos no ver novamente. Nosso papo aleatório  migrava entre o drama e a comédia quando me ocorreu a ideia de pegar um livro que eu tinha acabado de ler um dia antes, fiz uma dedicatória e presenteei a minha amiga.

O detalhe é que quando terminei  de ler esse livro, eu dei um suspiro!!! Mas, foi um suspiro bom, do tipo a vida é confusa na maior parte das vezes, mas é incrível mesmo assim.   

Um livro pode ter um valor imensurável dependendo das histórias que contar. Sempre fui incentivadora de uma boa leitura e considero que muitas vezes ela contém poderes mágicos e curativos.

Confesso que de certa forma esse livro abriu mais os meus horizontes. Além de possuir uma linguagem simples, é muito difícil não se identificar com uma das 4 personagens abordadas, cada uma com uma personalidade totalmente diferente da outra, mas com um ponto em comum: suas péssimas escolhas amorosas.

Portanto, percebo que a vida fica bem mais leve e divertida quando confidenciamos as nossas limitações, nossos erros e acertos com as pessoas certas. Isso serve justamente para que sigamos em frente em busca dos nossos sonhos, sejam eles amorosos ou não.

Acho que escolhi o presente ideal e borbulhas à parte, fazia tempo que eu não me divertia tanto. Decidi que quero viver cada vez mais com a leveza que me traz compartilhar risadas, momentos, histórias e livros.

 

 

O narcisismo nas redes sociais

Tenho pensando muito sobre a influência negativa que o mau uso das mídias sociais pode acarretar na vida pessoal dos indivíduos. O excesso de exposição dos internautas que buscam viver dentro dos padrões de um lifestyle que julgam ideal contribui para que muitos apresentem um comportamento narcisista.

Foto: Reprodução

O narcisista é aquele que “aparentemente” se ama acima de tudo de uma forma prejudicial, tem o ego gigantesco e precisa ser o centro das atenções. Para ele, a única ideia de perfeição advém da sua própria imagem. Existem, também,  os narcisistas de ideias, que acabam tentando se destacar através da sobreposição e enaltecimento das suas convicções.

Sem contar aqueles que escondem a sua realidade, simplesmente para enfatizar uma coisa que não são, mas que gostariam de ser. De qualquer forma, o narcisismo é, na maioria das vezes, oriundo da total falta de aceitação e insegurança do indivíduo em relação a ele mesmo.

O fato é que o conceito de um estilo de vida perfeito e inatingível faz sucesso na web e nem sempre o internauta consegue distinguir o que é real do que é ilusório. Mas, o que a maioria deste público não entende, ou sequer pensa a respeito, é que podemos nos tornar reféns dessa publicidade toda que idealiza cada vez mais o consumo desenfreado de bens e fomenta a disputa de egos.

Há quem lucre com o próprio excesso de exposição na internet. Salvo raras exceções, quanto mais sofisticada, bonita e sarada a pessoa for, mais servirá como objeto de adorno. Ou seja, mais sucesso conquistará nas vendas que realiza.

Esse narcisismo que habita as redes sociais está afetando os relacionamentos, a vida pessoal e a saúde emocional de quem vive conectado. Muitas pessoas acabam se tornando escravos de si mesmos por se sentirem deslocados dos perfis que fazem sucesso no Instagram, por exemplo.

Essas disputas cheias de autoafirmações que os perfis narcisistas se submetem fazem com que muitos acabem deixando de lado valores essenciais, como o respeito e o amor próprio, para viverem vidas vazias e cheias de marketing.

 

 

space-1721679_1920

2016

O ano de 2016 está quase acabando e pode-se afirmar que este foi incomum em vários aspectos, já diziam as previsões na virada de 2015/16 que certamente muitas alterações ocorreriam na vida das pessoas do mundo inteiro neste período. Lembro bem das expressões usadas pelos astrólogos que afirmavam com convicção que seria um ano de mudanças, de encerramento de ciclos e de muitas definições. E foi mesmo, pois basta olharmos para o cenário politico, econômico e social do nosso país que constatamos essa realidade. Ver Mais

- Instagram -


- Siga @magnolialeal -