Há algumas semanas atrás, uma nova série chamada “13 Reasons Why”, traduzindo “Os trezes porquês” entrou em cartaz no Netflix e já virou febre entre as pessoas que curtem assistir tramas envolventes. A história gira em torno do suicídio de uma adolescente chamada Hannah Baker, a qual gravou algumas fitas cassete que revelam os verdadeiros motivos de sua morte.

Essas fitas cassete vão sendo entregues pelo correio para as pessoas que Hannah estrategicamente escolheu para ouvirem a sua versão dos fatos. Eu comecei a assistir essa série ontem, e apesar dela abranger um público adolescente (fora da minha faixa etária), confesso que me interessei ao ponto de querer assistir até o final.

Foto: reprodução da divulgação do Netflix

Foto: reprodução da divulgação do Netflix

Foto: divulgação Netflix

Foto: divulgação Netflix

O mais importante é que a série serve de alerta para muitos pais que tenham filhos adolescentes, porque nem sempre é possível saber sobre todas as frustrações que os mesmos vivenciam no dia a dia escolar.

Foto: divulgação Netflix

Foto: divulgação Netflix

Adolescência muitas vezes é sinônimo de crise existencial, conflitos momentâneos, alterações de humor e por aí vai..

É justamente porque os adolescentes tendem a esconder parte de suas experiências, que os pais devem estar sempre alertas e vigilantes em relação a conduta dos próprios filhos. E o fato é de suma importância, pois o ensino médio pode ser devastador na vida deles, dependendo das diretrizes da escola que frequentam. A responsabilidade é mútua, tanto na esfera familiar quanto na escolar.

Bom, não vou dar spoiller aqui. Assistam a série me contem o que vocês acharam,  ok?