cuidados

img_1158-6.jpg

O que você precisa saber antes de escolher o seu pet

Já fazia uns 2 anos que eu pensava sobre a possibilidade de ter um cachorrinho novamente, fiz pesquisas na internet sobre outra raça que me interessava (Cavalier King Charles), mas acabei optando por ter um Lulu. Acho que o mais importante no processo de escolha de um pet, não é só a beleza dele.

Temos que ir bem mais além. Comprar um cachorro ou um gato só porque eles são bonitinhos, não é o certo a se fazer.

DECIDINDO A RAÇA MAIS ADEQUADA

A primeira coisa que tem que ser especificada é se o animal vai viver em um ambiente externo ou interno. Também, temos que saber quais as possíveis doenças que a raça é inclinada a desenvolver, o porte do animal e principalmente o seu temperamento e as características da raça.

Quando eu fui escolher o Petit (meu Lulu), eu observei o comportamento dele junto dos outros irmãos que eram da mesma ninhada. Das vezes que eu o vi, ele era o mais tranquilo de todos e foi amor à primeira vista. Senti uma empatia muito forte por ele. Criamos laços desde o primeiro contato.

Fiquei muito feliz em ter escolhido ele. Eu já sabia que a raça era muito inteligente. Além disso, os LULUS podem ficar mais tempo sem banho, pois não cheiram mal e se adaptam bem em ambientes internos. No meu caso, eu moro em apartamento, então precisava disso. Dou banho de 10 em 10 dias nele. Mas ele poderia ficar mais tempo, pois realmente não cheira mal.

Mas não vão achando que eles são só calmaria, na verdade a raça é bem ativa. Alguns latem bastante, outros menos.

Se você adquirir um cachorrinho de canil, descubra se o lugar é sério. Isso é muito importante, pois tem lugares que vendem animais doentes e não avisam a gente previamente. Dentre outros problemas que podem surgir…

SOBRE ENSINAR A FAZER AS NECESSIDADES NO LUGAR CERTO

O Petit demorou cerca de 1 mês para aprender a fazer as necessidades no lugar certo. Sim!!! Ele aprendeu com menos de 3 meses. Nesse período, temos que ter muita paciência com eles. Ensinar um cachorro demanda disciplina e auto controle, pois eles podem interpretar o ensinamento de forma errada. Tirei os tapetes da sala que ele ficava durante esse tempo, para que não confundisse com o tapete higiênico. Recompensar com petiscos quando eles acertam o local é a melhor maneira!!!

Eu sempre ouvia dizer que era mais difícil ensinar um cachorro 🐶 macho. Achei pura bobagem!!!!

Ele veio pra minha casa com 45 dias e tinha sido isolado da sua mãe 3 dias antes de eu buscá-lo. Ele não chorou nenhuma noite, desde então!!! Mas é claro que isso varia de animal para animal.

SOBRE A RAÇÃO

Demorei para acertar a ração, comecei com Royal Canin Junior, troquei para Royal Canil filhotes ambientes internos), depois fui para a Three Dogs Premium e por último Premier.

Ficar trocando de ração  não é o ideal a se fazer, mas precisamos encontrar a que seja a melhor para o seu animal. Eu ainda vou ter que fazer mais uma troca, pois ele tem lágrima ácida (mtos Lulus têm) então, só a Hills ou a Eukanuba combatem esse problema. A qualidade da ração define a saúde do seu bichinho.

CUIDADOS

Outra coisa muitooo importante sobre esses filhotes é que temos que cuidar muito  para que eles não caiam do sofá ou da cama, pois podem quebrar as perninhas com facilidade. Eu já escolhi o porte pequeno ao invés do anão, justamente por causa disso.

Eu ainda posso falar muita coisa ainda sobre essa figurinha, mas vou deixar para o próximo post.

img_1099.jpg

Como funciona o autobronzeador?

O autobronzeador contém uma substância que se chama DHA ou dihidroxiacetona, que interage com a queratina da parte mais superficial de pele, tingindo-a.

Áreas com maior concentração de queratina como joelhos e cotovelos podem ficar mais escuras que o restante do corpo, para evitar que isso aconteça deve-se espalhar bem o produto.

Esfoliar a pele antes ajuda, pois retira as células de queratina mais antigas garantindo um bronzeado mais uniforme.

É interessante também usar luvas na aplicação do produto para evitar que as palmas das mãos fiquem amareladas ou manchadas. O produto pode ser utilizado por longos períodos, mas NÃO CONFERE PROTEÇÃO SOLAR.

Sua ação é bem superficial, por isso seguro não provocando mal à pele, exceto em casos de alergias. Seu dermatologista pode lhe ajudar a encontrar um adequado para você!

O melhor do autobronzeador é oferecer um bronzeado sem a exposição solar, evitando envelhecimento precoce, manchas, rugas e câncer de pele.

washing-face

Cuidados com a pele

A médica dermatologista Eloísa Botton participa do Espaço do Especialista no blog  e hoje traz dicas sobre alguns cuidados que devemos ter com a nossa pele.

Fiquem espertas e não exagerem na exposição solar e não esqueçam que na sombra a gente também queima hein !!! Beijosss 😉 Ver Mais

post-img

COMO ESCOLHER UM FOTOPROTETOR?

Estamos no verão aqui no Brasil e como bem sabemos o índice de radiação solar em nosso país é muito elevado. O sol torra mesmo e a gente precisa redobrar os cuidados com a pele nesta estação.

E é com muita alegria que hoje eu divido com vocês a mais nova participante e colaboradora do blog, Dra. Eloísa Botton (médica dermatologista) da Clínica Botton, que vai nos dar dicas quentíssimas sobre os mais diversos assuntos relacionados a sua especialidade no Espaço do Especialista. Legal né? Ver Mais

- Instagram -


- Siga @magnolialeal -