vida

happiness-2901750_1280

INJEÇÃO DE ÂNIMO

Me digam uma coisa:
– No seu trabalho ou na sua vida pessoal, sempre tem “alguém” tentando te desestimular, ou como eu diria, tentando te colocar para baixo?  – Você é uma daquelas pessoas que possuem amigos que só se queixam dos problemas o tempo todo e acabam esgotando as suas forças?
Quem não acorda desanimado de vez em quando que atire a primeira pedra!
Infelizmente, hoje em dia, é mais comum você ter um trabalho estressante do que um trabalho prazeroso. Afinal, o seu chefe lhe faz inúmeras cobranças, pois nunca está satisfeito e pra completar, os seus colegas de trabalho são praticamente seus rivais. Sem esquecer que você têm mais amigos quando é ouvinte dos problemas alheios, do que quando necessita de ajuda, como um bom conselho por exemplo, ou ainda, quando precisa apenas de uma segunda opinião a respeito de um assunto. 
Tudo isso é muito comum. Mas você já parou para analisar essa situação? Se é assim que você quer viver a sua vida, ou pelo menos passar os seus próximos anos?
O que eu sempre digo é que expandir a nossa mente depende da capacidade de cada um em concentrar-se no foco que deseja atingir. Somos responsáveis pela realidade que criamos. 
Sim, você e só você é responsável pela realidade em que vive.
Daí você pensa: Nossa!!! Essa guria não sabe nada sobre o meu dia a dia, dos meus problemas de saúde, dos meus problemas financeiros e familiares, todas as privações que tenho que passar, todas as injustiças que tenho que aguentar…e blábláblá.
A verdade é que os seres humanos adoram vitimizar-se diante das circunstâncias da vida, colocando a responsabilidade de suas próprias misérias em qualquer um, menos neles mesmos.
Já pensou em responsabilizar-se por você mesma? Notou alguma diferença? Ou, você já entendeu que na nossa vida chega uma hora que nos encontramos completamente sozinhas diante de determinadas situações? Por mais que você tenha família, amigos e afins, naquele momento é só você e Deus (para quem acredita)..
Pois é…vai responsabilizar Deus agora?
Não existe fórmula mágica para a felicidade e ainda há quem diga, que ela não exista. Eu acredito na felicidade!! Pra mim ela existe e é muito simples. 
Na minha opinião, para encontramos a felicidade temos que fazer as escolhas certas num determinado momento, assumir a responsabilidade sobre a própria vida, tendo a consciência tranquila em saber que fizemos o nosso meu melhor.
Finalizo este post com uma injeção de ânimo e reflexão do americano HENRY LONGFELLOW
UM SALMO DE VIDA
 
Não me diga, em triste números, que a vida nada mais é do que um sonho vazio,
– Porque a alma é a morte que cochila, e as coisas não são o que aparentam.
A vida é real! A vida é sincera! E o seu objetivo não é a sepultura;
Do pó viestes, ao pó retornarás, não se aplica a alma.
Nem o prazer, nem a tristeza, nos foram destinados ao fim do caminho;
Mas a agir, de modo que cada amanhã
Nos encontre mais adiantados do que hoje.
A arte é duradoura, e o Tempo é efêmero, e nossos corações, embora valentes e corajosos,
Tocam, mesmo assim, como tambores abafados,
Marchas fúnebres para a sepultura.
No amplo campo de batalha do mundo, no acampamento da vida,
Não seja como gado tolo, tocado!
Seja um herói na luta!
Não confie no Futuro, mesmo que agradável!
Deixe que o passado morto enterre os seus mortos
Aja, – aja no Presente vivo!
Por dentro, o coração, e Deus, acima!
As vidas dos homens notáveis nos lembram que podemos tornar grandiosas as nossas vidas,
E que, ao partimos, deixamos atrás de nós, pegadas nas areias do tempo.
Pegadas que outro, talvez, abatido por uma vida sombria,
Um irmão desesperançado e arruinado, ao vê-las, recupere a alegria.
Então fiquemos de pé e em atividade,
Dispostos a enfrentar qualquer destino;
Sempre conseguindo, sempre em busca,
De aprender a trabalhar e a esperar.
Boa sexta-feira!!!! Beijos…
Magnólia

 

img_2727.jpg

Vitimização e a síndrome de Peter Pan

Com um pouco de dedicação e autoconhecimento o passar dos anos só nos ajuda a entender melhor a vida. Chega uma hora que percebemos que nossas atitudes geram automaticamente consequências, boas ou ruins.

Tudo depende dos sentimentos que moram dentro de nós, ou seja, é uma questão de escolha. Porque somos os responsáveis pela energia que enviamos ao mundo. Já ouviu falar sobre a lei da atração? Tudo de bom ou ruim que emanamos volta proporcionalmente pra gente. Ver Mais

Opinião pessoal x manipulação

Cabe somente a nós decidir qual a melhor forma de conduzirmos a nossa vida pessoal e profissional, e isso deveria ser considerado um bem único e inviolável, unicamente porque fazemos escolhas com base em nossas experiências, educação e vontade própria. E, ninguém poderia se sentir no direito de nos manipular ou exercer qualquer tipo de influência ou coerção sobre a opinião pessoal do outro.

Quem já  entrou de gaiato em disputas alheias, sabe bem qual é a sensação de sentir-se manipulado. Acredito que ninguém goste deste tipo de opressão porque isso aprisiona a nossa liberdade de escolha e polui o nosso discernimento, o que acaba por vezes nos influenciando a seguir determinadas linhas de pensamento que não são as mais adequadas. Ver Mais

macbook-606763_1920

O remédio contra o tédio

No auge dos meus 29 anos de idade constato que a cada dia que passa, quanto maior a parafernália eletrônica que dispomos para nos entreter, mais reclamamos da nossa falta de tempo. Indagamos entre amigos sobre como as semanas passam cada vez mais rápido hoje em dia e ainda arriscamos dizer, que antigamente parecia que tudo acontecia mais lentamente.

Faço parte de uma geração que não é muito ligada nas últimas inovações tecnológicas, mas que procura se adaptar com elas. Porque hoje em dia smartphones não são mais itens de luxo e tornaram-se ferramentas essenciais para a maioria das pessoas. Ver Mais

Do tipo que ainda se surpreende

Por mais imprevisíveis que sejam algumas situações da vida eu ainda fico surpresa com as diferentes reações que as pessoas podem ter diante de um mesmo fato.

Considero que a maioria das surpresas tendem mais a desagradar do que realmente agradar alguém. Talvez, porque de certa forma elas geram algum tipo de expectativa na gente,  até mesmo quando não acontecem.

Ainda me surpreendo com determinadas atitudes talvez por crer erroneamente, que as pessoas de um modo geral ainda sabem diferenciar uma boa índole de um caráter duvidoso.

Ver Mais

- Instagram -


- Siga @magnolialeal -